segunda-feira, 28 de março de 2011

É sempre amor, mesmo que mude

Eu tenho me questionado o pq de às vezes eu sentir uma saudade absurda, capaz de me fazer viajar no tempo. Seria só o peso dos anos e toda a convivência e histórias criadas? Sim, isso dá saudade, algumas vezes... Mas sinto que a saudade maior é quando me dou conta de mim, de que aquele grande sentimento de paixão sumiu, se escondeu ou foi embora. É a dor do fim, a saudade do fim misturada com a eterna vontade de que tudo tivesse dado certo, já que sempre fomos tão perfeitos, ao nosso modo e maneira de ser. E toda vez que sinto isso eu choro, como criança. Tento conter meu impulso de ligar para dizer que independente de qualquer coisa ou de qualquer pessoa você será meu brilho eterno, o grande momento da minha juventude, o amor mesmo da minha vida. Meu pai me disse algo sábio: nem sempre o amor da nossa vida vem da maneira que imaginamos, ou seja, como marido e mulher. Eu sei que sou nova e que ainda vou amar muitas pessoas, como se fosse a última vez, e que, consequentemente, vou me decepcionar, chorar e sair catando meus cacos pelo chão, e se tratando de mim, essas coisas são inevitáveis. Mas ele sempre será aquele a quem eu lembrarei com carinho e que sentirei vontade de saber como está, o que tem feito, se realizou os sonhos (embora hoje eu não saiba quais são seus sonhos), se encontrou aquela com quem você terá seu jipe amarelo e voltará para casa todos os dias feliz da vida por reconhecer isso como uma dádiva. Mas eu creio que isso nunca acontecerá, pq ao mesmo tempo ele sempre será aquela pessoa que quando eu souber de algo a respeito, voltará tudo, todos os sentimentos, ressentimentos e questionamentos. Então, se me vir na rua não fale comigo, não quero ter que sentir tudo isso de novo, podemos ser grandes estranhos, apenas. E eu lembrarei de você como alguém que partiu de viagem e nunca mais voltou, uma viagem que eu banquei e que ás vezes é difíci de lembrar o pq, mas eu sei que o pq existe, tenho certeza, é só colocar a cabeça no lugar que eu lembro de todas as razões.

Um comentário:

  1. Sorry for my bad english. Thank you so much for your good post. Your post helped me in my college assignment, If you can provide me more details please email me.

    generic nolvadex

    ResponderExcluir